Search site

Contact

Coltec Alvares Maciel
Av. JK, 717, LOJA 1, Vila Itacolomi, OURO PRETO MG

(031)3552-3014

contato@coltecalvaresmaciel.com

 

 

JUSTIFICATIVA DE DENOMINAÇÃO DO ESTABELECIMENTO

Colégio Técnico Inconfidente Álvares Maciel

 

 

Os motivos que nos levaram a escolher o nome da Instituição como Colégio Técnico Inconfidente Álvares Maciel foram vários. Vejamos um pouco da história desta nobre figura:

Filho natural de Vila Rica, hoje Ouro Preto, MG, nasceu no ano de 1760. Deixou um marco na história do nosso Brasil, pois, foi elemento participativo da Inconfidência Mineira e trabalhou discretamente junto à Tiradentes, fiel às causas que o movimento alimentava. Ele foi um testemunho de dedicação ao nosso Brasil colônia.

Antes de retornar ao Brasil e participar da Inconfidência, Maciel cursava Filosofia Natural em Coimbra e realizava pesquisas mineralógicas em Serra da Estrela. Em Coimbra, estudou ainda Aritmética, Filosofia Racional e Moral, História Natural (Botânica, Zoologia e Mineralogia), Física Experimental e Química.

Também participou nos estudos dos Planos de Birmigham e as manufaturas têxteis, onde mantinha contato com as indústrias e operários.

Foi em 1788 que retornou ao Brasil e morou no Palácio do Governador Visconde de Barbacena, a convite deste. Nessa época fazia pesquisas em Sabará e arredores de Vila Rica, na área de mineração, quando ocorreu a devassa, sendo ele preso e mandado para o Rio de Janeiro em Maio de 1792, recebendo pena de degredo perpétuo, seguindo para Angola e um mês após para Luanda.

Foi solto no mesmo ano e para sobreviver tornou-se representante comercial dos negociantes de Luanda. Em 1799 recebeu do Governador de Angola a missão de verificar a existência de minerais pelos sertões de Angola.

Na Província de Itamba, num lugarejo chamado Trombela, montou uma pequena siderurgia onde produzia alguns ferros e trabalhava com 134 negros porque não havia profissionais de mecânica, ferreiros, carpinteiros. Em seu relato sobre seu trabalho, solicitou ao Governador de Angola que pedisse ao Governador da Corte que enviasse oficiais para desenvolver a fábrica siderúrgica improvisada.

Porém, Maciel morreu antes de chegarem os recursos, em 1804, num sítio da mina de ferro Nova Oeiras, último empreendimento deste grande naturalista mineiro.

Nas comemorações dos 163 anos da morte de Tiradentes, o Governo do Estado de Minas Gerais inaugurou uma siderurgia em Saramenha - Ouro Preto, no lugar das minas por ele descobertas em 1788, com um forno recebendo o seu nome, em homenagem aos serviços prestados.

E nós, como educadoras, consideramos este Inconfidente uma referência nas áreas de pesquisas e estudos, base essencial para ampliação de conhecimentos, desenvolvimento pessoal e profissional e crescimento do país sendo ele, portanto, inspiração para os nossos alunos, futuros profissionais técnicos.